HumanasBlog


FEMINISMO NO SÉCULO XXI

Posted in Sociedade Contemporânea por Joaquim Cesário de Mello em agosto 28, 2009

Talvez ainda um tanto contaminado pela atmosfera feminina do filme “Caramelo” (vide post sobre o assunto dentro da categoria “Cinema” aqui disponibilizado), ou talvez por ter tido mulheres marcantes em minha história e família, ou quem sabe por haver escolhido me auto-realizar em uma profissão dita “feminina”, ou ainda por ter concentrado meu mestrado em Relações de Gênero e mais precisamente na mulher, ou simplesmente porque sou fascinando pelo universo feminino, sei lá o por que mais (e será que isso no fundo importa?) , só sei que atualmente tenho e venho me debruçando em parte na temática do feminismo, mormente o feminismo contemporâneo.

O feminismo tanto como discurso ideológico, seja como uma espécie de postura filosófica ou como prática e ação política, relaciona-se às diferenças entre os gêneros e busca a igualdade de direitos entre os sexos. Segundo historiadores, o feminismo começa de fato a partir de meados do século XIX e início do século XX (primeira “onda”) , eglode nos anos 60/70 (segunda “onda”) e chega à atualidade com significativas transformações a partir dos anos 1990 pra cá (terceira “onda”). Vive-se hoje uma espécie de pós-feminismo, conforme abrimos a discussão no post abaixo, onde o cerne da discussão e luta reinvindicatória parece estar mais focada na construção social dos papéis sexuais e de gênero. Aborto, homofobia, divisão sexual do trabalho, violência doméstica, entre outras temáticas, são temas mais do que feministas em si, são temas humanos. A Lei Maria da Penha (2006), por exemplo, foi e é um grande avanço social, mas ainda há tanto para avançar.

A luta feminista, seja ela empregada por mulheres ou homens ou ambos, continua sendo uma luta pela igualdade social. Uma luta contrária, pois,  às desiguldades e às discriminações entre os sexos (aliás, entre os gêneros). Uma luta que se tece cotidianamente, dia-a-dia, em casa, no trabalho, na escola, nas ruas e nas relações afetivas. Uma luta de todos nós por um mundo melhor, mais justo e mais digno.

Pelo acima exposto, vale se indagar por quantas anda o chamado “movimento feminista”, quais suas transformações e quais seus desafios frente ao século XXI – razão pela qual sugere-se aqui ler a seguinte matéria publicada na revista Veja em sua edição especial sobre a Mulher (2006). Acessem: p_048.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: