HumanasBlog


A IDEOLOGIA DO AMOR

Posted in Família e Desenvolvimento Humano por Joaquim Cesário de Mello em setembro 3, 2009

O amor é uma emoção? Pode-se dizer que o amor é uma emoção complexa e que envolve uma gama variada de sentimentos e ideais? Existe amor de curto, médio e longo prazo, amor momentâneo e passageiro, assim como amor permanente, eterno ou inesquecível? Afinal, o que é o amor?

Se formos relacionar amor à emoção, então o amor será definido como um sentimento que altera o ser humano, tanto influenciando sua maneira de avaliar, julgar e pensar, quanto provocando um estranho e paradoxal misto de dor e prazer. Sendo o amor uma espécie de emoção, como toda emoção tem direta ou indiretamente seu objeto. A emoção do amor também tem seu objeto, geralmente uma outra pessoa.

Considerando o amor então como emoção, pode-se agora afirmar que o amor é emoção e julgamento. Para muitos a presença do amor e seu destaque dentre as relações pessoais é vital e necessário para a própria existência da sociedade humana, principalmente por transmutar o egoísmo, tão intrínseco e característico da espécie humana, em altruísmo. Da libido inicialmente voltada ao ego à libido voltada aos objetos (Freud). O amor, o sentimento amoroso, age como cimento do processo civilizador.

Há muitas palavras que estão relacionadas com a palavra amor, tais como: afeto, ternura, carinho, gratidão, compartilhamento, paixão, felicidade, alegria, entre outras. Cada palavra que busca expressar em termos vocabular sentimentos e emoções tem significância e significado. O amor também é uma palavra, um substantivo – se assim não o fosse não estaria com palavras escrevendo sobre ele. O amor, portanto, seja emoção ou não, é igualmente uma palavra, consequentemente tem significado simbólico e lingüístico. Sentindo uma coisa que chamamos de amor estamos com isso tentando traduzir com pensamentos o que se passa em termos de sentimentos e emoções. Chamando o “embrulho” emocional de amor  estamos dando-lhe um sentido e um conceito. Neste aspecto não nos distanciaríamos do sentimento amoroso ao percebê-lo também como ideológico e histórico. O conceito e juízo que se faz do sentimento ou emoção do amor é, por esse viés, variável ao longo da história da humanidade, influenciado que é pelos aspectos sócio-culturais de uma determinada sociedade em um determinado momento histórico do mesmo.

Falar de amor é falar de sentimento em forma de linguagem. A linguagem, por sua vez, é um sistema de representações compartilhadas e aceitas por um grupo social. Tal sistema de representações permite a comunicação entre os membros desse grupo. A linguagem e o pensamento mantêm estreita relação com a cultura, assim como os conceitos que expressamos no uso da linguagem e da palavra. Não é a toa que no livro “1984” de George Orwell um dos mecanismos de dominação social e ditatorial seja a manipulação das palavras e seus significados, quando no novo dicionário (novilíngua) é extraída a palavra liberdade.

Lei o texto na íntegra: artigo_07.html
Anúncios

2 Respostas to 'A IDEOLOGIA DO AMOR'

Subscribe to comments with RSS ou TrackBack to 'A IDEOLOGIA DO AMOR'.

  1. Flávia Emília said,

    Vendo tua imagem, me pergunto; este homem sensível e lírico tam-
    bém … A quoi ça ver l ‘ amour ? / Para que serve o amor ? ( Piaf ).
    A ida ao dicionário não parece ajudar muito … ” afeição profunda …
    paixão atrativa de um sexo pelo outro … sentimento vivo de gosto por
    alguma coisa, apego … ternura, carinho …cuidado, zelo … amizade e
    simpatia … “. O amor existe em tão infindável variedade de formas e ti_
    pos, que qualquer coisa sobre ele … e de alguma forma está certo.
    Prefiro descrevê-lo como uma satisfação consigo próprio que trans-
    bordaria para uma atitude otimista perante a vida e as outras pessoas.
    Amar aos outros e à vida é, pois, mera consequência do amor a si mes_
    mo,
    O tema é apaixonante, extenso e complexo. Por enquanto, gostaria
    de encerrar com as palavras de Dostoiewski: O maior inferno é a inca –
    pacidade de amar. Amar de verdade é, pois , a única saída. “

  2. Fábia V. M. Santos said,

    AMOR…

    Amor é uma construção de sentimentos e acontece em várias etapas, algumas mais intensas outras nem tanto, o importante mesmo do amor é a cumplicidade, carinho, atenção e desejo, quer seja pelo companheiro(a), amigo(a), pela família por todos que fazem parte de nossas relações. E não acaba nunca, quanto mais você dá, mais você recebe.

    Um abraço.

    Fábia


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: