HumanasBlog


O HORROR QUE VEM DO FRIO

Posted in Cinema por Joaquim Cesário de Mello em setembro 19, 2009

Lars von Trier não é hoje nome desconhecido por quem gosta e admira cinema com C maíusculo, muito pelo contrário. Sua obra já faz parte da história do cinema como arte e expressão artística e Trier vem muito contribuindo com seus avanços como linguagem, narrativa e estética. 

 

 

Um dos fundadores do movimento chamado Dogma 95 (onde tinham como dogma, entre outros, não usar cenários e música como trilha sonora, bem como trabalhar com câmara em movimento manual) Lars von Trier se celebrou com filmes como Dogville, Dançando no Escuro, Os Idiotas, Manderley e Ondas do Destino.  Trata-se de um diretor de cinema que faz “cinema de autor” e seus filmes muitas vezes podem nao ser digestos para um público acostumado ao “conforto” do cinema-pipoca, mas que são instigantes, densos, polêmicos e criativos. E foi o que ele mais uma vez fez e conseguiu no último festival de Cannes com seu mais recente filme Anticristo. Sim, falo aqui de um filme que não assisti ainda, todavia muito já ouvi falar de quem assistiu. Aliás o filme estreou esta semana por aqui e quando assisti-lo e após assisti-lo irei então poder colocar minhas impressões pessoais sobre o mesmo.

Pelo que estou sabendo Anticristo é o tipo do filme que ou se ama ou se odeia (mas qual, afinal, não é o filme que não é assim de Lars von Trier) e tudo indica estaremos de novo frente a uma obra-prima deste inteligente e sensível cineasta dinamarquês. O filme em destaque foi realizado após um período de depressão e que, segundo ele, contribuiu para recuperá-lo do estado depressivo em que se encontrava. Trier chega a afirmar que muitas des imagens de Anticristo vêm de seus próprios sonhos e pesadelos e para ele, o filme como obra lhe é o mais significativo de sua profícua carreira.

No filme Anticristo temos um casal em crise (interpretados por Willem Dafoe e Charlotte Gainsboug) que se isolam em uma afastada casa em uma floresta após a traumática perda de um filho. Por trás dessa iniciante história sobre luto e perda iremos nos deparar com o horror em sua forma mais crua e virulenta. Trier não dá espaço a concessões e não alivia. Como em um clássico filme de terror, o casal se vê cercado de pavorosas criaturas aterrorizantes. Parece, em princípio, mais uma história qualquer de filme de terror, contudo não se iluda o possível leitor ingênuo, pois estamos a falar de Lars von Trier e o que ele tem e produz em termos cinematográficos é tudo menos mesmice e superficialidades. Como diz Isabela Boscov (crítica de cinema da revista Veja) o filme é uma experiência radical: “brutalmente realista nas cenas de tortura, Anticristo, de Lars von Trier, merece toda a polêmica que levantou. É um filme sádico – mas também uma obra de uma coragem heróica”. Ou como diz a fala da personagem da esposa: eu ouvi um som. O grito de tudo aquilo que está para morrer.

Portanto, quem for capaz de suportar e querer arricar e sobreviver, é só se agendar e correr logo para assistir, pois num acredito que fique em cartaz tanto tempo assim (estou surpreso até por vê-lo em exibição em cinema de shopping. Pr0gresso?)

Dependendo como andam seus nervos, caso queira assistam no link a seguir o trailer do filme Anticristo (2009): watch?v=mCtSQvO0L-s

Anúncios

Uma resposta to 'O HORROR QUE VEM DO FRIO'

Subscribe to comments with RSS ou TrackBack to 'O HORROR QUE VEM DO FRIO'.

  1. Teca said,

    Eita! Fiquei com vontade de ver! Rs rs
    Só não sei se aguento algo tão denso no momento.
    Qual é a data do encontro? Já marcaram?
    Abraços.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: